Trabalhar com blog dá dinheiro? 4 formas de ter renda com blog!

trabalhar-com-blog-dá-dinheiro

Será que trabalhar com blog dá dinheiro mesmo, ou nos dias atuais já é uma forma ultrapassada de negócio?

Quando a internet começou a se fortalecer e o mercado de afiliados surgiu mais forte no Brasil, o melhor (e talvez único) negócio digital que existia era o blog.

Muitos cursos ensinando criar blogs surgiram, alguns sumiram no meio do caminho e outros estão ativos e atualizados até hoje e continuam ensinando que ter um blog É sim uma forma de ganhar dinheiro na internet.

Se existem cursos ensinando criar blog, se existem empresas que vendem domínio e hospedagem para sites e blogs, é porque de alguma forma esse negócio digital traz resultado financeiro.

Eu mesma já tenho blog desde 2016 e faço mais de 3 mil reais por mês com esse tipo de ativo, então sou uma prova viva de que dá sim para ganhar dinheiro criando um blog.

O que acontece que faz as pessoas perderem a credibilidade no blog, é que para ele trazer resultados bons e consistentes é preciso se dedicar, manter postagens constantes, ou seja, existe um trabalho envolvido.

Com tantas chamadas falsas sobre ganhar muito dinheiro trabalhando pouco, ou dizendo que criação de conteúdo é coisa do passado, quando as pessoas se deparam com o trabalho que precisam fazer no blog, desanimam.

Mas, da minha parte, o melhor conselho que posso dar é: “Crie um blog e se dedique a ele, e terá uma fonte de renda na internet durante muitos anos”.

Dentre os principais benefícios de ter um blog eu destaco a renda passiva, ou seja, quando seus artigos começam ranquear na primeira página do Google.

Quando isso acontece as visitas orgânicas aumentam muito e, assim seus produtos vendem mais, e também o valor do Adsense aumenta consideravelmente.

Trabalhar com blog dá dinheiro mesmo? 4 formas de monetizar seu blog de forma efetiva

trabalhar-com-blog-dá-dinheiro_1

Veja abaixo, 4 maneiras práticas e efetivas de ganhar dinheiro criando um blog na internet.

1 – Mercado de afiliados

Utilizar os artigos do blog para recomendar produtos como afiliado é o jeito mais lucrativo de trabalhar com esse ativo digital.

Sejam físicos, ou digitais, crie um blog dentro do nicho de mercado dos produtos que deseja promover e produza conteúdo relacionado e que seja relevante para o público.

Por exemplo, se você se afilia a um curso online ensinando fazer unhas, criar artigos dando dicas de modelos, tutoriais de procedimentos, falando de tendências, é uma boa forma de atrair e manter um público interessado.

É fundamental fazer um estudo de mercado do nicho e também do público, para então procurar bons produtos para se afiliar nas plataformas.

2 – Google Adsense

É o jeito mais convencional de monetizar com blog, que existe há muitos anos, bem antes do “boom” do marketing digital.

Trata-se de cadastrar seu blog no Google oferecendo espaços para que sejam colocados anúncios das empresas que pagam publicidade para a empresa.

A plataforma tende a mostrar anúncios que tenham relevância para o público do seu blog, e para ter uma boa renda é importantíssimo ter uma quantidade elevada de tráfego, já que o pagamento principal é por cada mil impressões.

Ou seja, cada vez que o anúncio é visualizado mil vezes é pago um valor, que depende muito do nicho do blog e também da quantidade de anunciantes.

3 – Infoprodutos

Trabalhar com blog dá dinheiro também caso você decida ser um infoprodutor e comece a usar seu ativo para divulgar os produtos digitais que criou.

Seja para promover um e-book, ou um curso em vídeo aulas, ter um domínio próprio para o blog é uma forma de criar e expandir sua marca, facilitando muito as vendas para o público final.

O diferencial de ter um blog para promover seus próprios produtos, é que você estará usando um espaço seu, e não precisará se preocupar com regras das plataformas que podem tirar seu perfil do ar sem muitas explicações.

O blog é sua casa, onde você dita as regras, e onde pode ter vários artigos de conteúdo ajudando o público e criando autoridade dentro do seu nicho de mercado.

4 – Conteúdo premium por assinatura

Uma outra forma de ganhar dinheiro com blog é oferecer um serviço de assinaturas para fornecer conteúdo exclusivo, que não ficará acessível para usuários não pagantes.

Para isso é importante que o conteúdo seja realmente relevante e muito bem produzido, para que o público assinante tenha uma boa experiência e deseje continuar assinando.

Faça uma boa pesquisa dentro do seu nicho de mercado e descubra qual conteúdo seria interessante, e para o qual as pessoas não teriam objeção em pagar para ter acesso.

Agora que você viu que trabalhar com blog dá dinheiro, aposto que está querendo saber como começar um blog de sucesso, não é mesmo?

A boa notícia é que eu tenho um curso completo, o blog 3K, onde ensino passo a passo como criar um blog e como conseguir faturar pelo menos 3 mil reais por mês com ele.

Tenho certeza que essa é uma renda para lá de interessante, e que pode ser muito maior conforme você se dedicar a seu negócio digital.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.